Frases para pensar


No dia em que eu temer, hei de confiar em ti. Salmos 56:3

sexta-feira, 28 de maio de 2010

O Panteísmo de Paulo Coelho






O Panteísmo é uma crença que identifica o universo com Deus. Em grego temos pan = tudo, Teos = Deus. Nesta semana na Revista do Globo havia uma matéria de Paulo Coelho sobre Hakone (Japão) e Copacabana. Uma daquelas tentativas do escritor de vender sua espiritualidade de prateleira de supermercado.

Em dado momento o texto sobre Hakone nos conta da cerimônia do chá realizada num pequeno quarto numa montanha maravilhosa. Lá uma mulher vestida a caráter serve o chá com todo os requisitos cerimoniais da tradição japonesa.

Paulo Coelho então tenta nos vender sua versão pop do Panteísmo: a montanha, o chá, a mulher de quimono, os participantes, suas imperfeições cotidianas, tudo isto é trazido para um copo só. E neste copo Coelho afirma que tudo se torna um com o Universo - nos transportando para Deus.

O que este tipo de mensagem tem feito à mente das pessoas? Destaco aqui algumas coisas: uma desvalorização da pessoa única de Deus, que é pessoa, concreta e nunca abstrata; a desvalorização da pessoa de Cristo como caminho que nos conduz ao Criador. Podemos ser conduzidos por uma xícara de chá, uma montanha ou um quimono japonês.

Finalmentea desvalorização da pessoa e obra do Espírito Santo de Deus, o Deus que habita nos homens e os convence de caminhos e rotas que precisam ser trilhadas para honrar a santidade do Altíssimo.

O panteísmo muitas vezes convive com a imagem de um Deus que é tudo somando-se a existência de diversos deuses menores que somados formam um deus único ou consciência única. Uma idéia que fascina pois não obriga o homem a render-se diante de alguém maior que si.

Nosso olhar a cultura não deve ser somente de rejeição e crítica, mas de reflexão e busca de possíveis caminhos para redenção.

Graça e paz, sempre.

4 comentários:

René disse...

Amado Marcus Vinícius,

Excelente observação!

O panteísmo é mais uma obra do diabo e, como tal, tenta diminuir a grandiosidade do Deus Altíssimo. Ele tenta mostrar que cada coisa ajuda a formar Deus, tirando o foco da verdade, qual seja, a de que todas as coisas foram criadas por Deus e estão contidas nEle, sem alterar uma partícula do Seu Ser. Deus é infinito e só tem um Caminho que pode nos levar a essa infinitude: Jesus, o Cristo de Deus, infinito como Deus, por ser o próprio Deus!

Que a Paz do Senhor Jesus continue com você, sua família e seus leitores!

Ana Paula disse...

A verdade é dura mais é está a realidade, cada dia mais aparece ser que se diz capaz, inteligente seguidores de Deus e muito mais.Que Deus abra os nossos olhos para todos os tipos de enganos.

Graça e paz da Parte do Nosso Senhor Jesus Cristo

Wilson Costa disse...

Caro Marcus, quando jovem "perdi" < grifei porque merda serve para adubar>parte na minha juventude tentando encontrar a Verdade Absoluta. Fui em busca de várias filosofias doutrinárias, entre elas:Panteísmo;Deísmo-Centrismo-Universalismo;Krisnha;Espíritismo Reencarnacionista;Sidartha de Gautama(Buda);Hermann Hesse;Kalil Gibran, pasme Terça-Feira Lobsang Rampa, o maluco do Carlos Castañhedas, além das minhas convicções adquiridas através de muitos chás de cogumelo e outros bichos. Amado irmão, todas as verdades que encontrei eram reais, só não eram absolutas. Porque a Verdade Absoluta produz convicção da eternidade, não apalpa na escuridão como guia de cego. E somente a alma pode identificá-la, ela reconhece os preceitos do Criador. “... assim Deus criou os seres humanos parecidos Consigo mesmo..." A alma é a semelhança de Deus, ela se manifesta no homem quando ouve a Palavra do seu Criador. É onde ela deseja ficar, na presença do Pai Amado. Não podemos negligenciar com nossa alma, ela não nos pertence, é propriedade de Deus. Somos de Cristo, isso nos basta.

Carlos Eduardo disse...

Faz tempo que não escuto este nome " Lobsang Rampa" Li, com bastante entusiasmo todos os livros dele. Assim como o Wilson, sempre buscava a espiritualidade acreditando que bastava ter bom coração e boas intenções. Lembra um certo ditado que diz o seguinte: De boas intenções o inferno está cheio. Isto é verdade absoluta. Não basta sermos bons, temos que buscar a verdade e aprender a praticá-la. Só o Pai pode julgar, mais temos que vigiar, pois a palavra de Deus diz em Apocalipse 18:4 "Sai dela povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados e para que não incorras nas suas pragas". O Panteísmo é mais uma manobra do Inimigo para desviar os olhos dos homens para a verdade de Deus, Jesus, Espírito Santo, Bíblia e os mandamentos do Senhor. Estudemos a Bíblia para que não sejamos enganados pelas falsas doutrinas.

Origem dos meus visitantes

Visitantes por países

free counters

FeedBurner FeedCount

LIVROS MARAVILHOSOS (meus preferidos)

  • A Maldição do Cristo Genérico - E. Peterson
  • A Serpente do Paraíso - Lutzer
  • Alma Sobrevivente - P. Yancey
  • Anseio Furioso de Deus - Brennan Manning
  • Chega de Regras - L. Crabb
  • Confiança Cega - B. Manning
  • Evangelho Maltrapilho - B. Maning
  • Igreja Orgânica - N. Cole
  • Maravilhosa Graça - P. Yancey
  • O Anseio Furioso de Deus - B. Manning
  • O Caçador de Pipas
  • O Impostor que Habita em mim - B. Maning
  • Reformissão - M. Driscoll
  • Reimaginando a Igreja - F. Viola
  • Sonhos Despedaçados - L. Crabb
  • Ânimo (Corra com os cavalos) - Eugene Peterson