Frases para pensar


No dia em que eu temer, hei de confiar em ti. Salmos 56:3

quinta-feira, 25 de março de 2010

CUIDAR DOS MACHUCADOS

CUIDAR DOS MACHUCADOS


Lembro que quando menino precisava utilizar mertiolate para cuidar dos machucados. Uma vez cai na beira de uma praia cuja areia era feita de cascalho - o peito ficou todo ralado e foi terrível ser "tratado".

Existe tanta gente ralada, ferida, machucada neste mundo. E ao mesmo tempo tanta gente que poderia fazer alguma coisa apenas teoriza e discursa (e me incluo na maior parte das vezes entre estes). Lembro do texto em 1João que nos alerta a se temos alguém entre nós necessitado, este alguém não pode ser despedido com um boa noite, Deus te abençoe.

Deus quer usar a cada um de nós para abençoar pessoas. Para cuidar dos machucados. Ele quer que nós sejamos curadores, não meros curativos. Igreja band-aid, interessada apenas em manter o status quo.

Pra mim chega de teoria. Vou fazer alguma coisa já. Vem comigo.

Graça e paz, sempre. 

5 comentários:

Vania disse...

Somos expostos a machucados, seja como for, são machucados, doem, queimam, ardem, sentimos as dores e não percebemos o quanto aprendemos com os machucados. Uma alternativa legal é buscar a cura e temos o nosso Deus que nos dá isso gratuitamente sem que nos peça algum pagamento, mas aprender com os erros é doloroso, será que é preciso errar para aprender? Cair para levantar? O que faríamos numa situação como essa? Temos o amor do Pai, com Ele aprendemos, Ele nos dá a direção e seguir é uma decisão pessoal, uma decisão capaz de evitar muitas situações que nos faça acidentarmos e adquirirmos machucados. Observamos que alguns acham que não há cura, mas para o nosso Deus há cura para os machucados. Nós cremos no poder de Deus que cura, sara as feridas e perdoa os nossos pecados.
Deus é conosco.
Vânia

Vania Soares disse...

Pastor. Um machucado grande que se encontra dentro de nós é o machucado do preconceito contra nossos próprios irmãos. Será que damos valor maior aos nossos valores, nossas crenças? Repelimos sempre àqueles que necessitam de nós! Quando vamos enchergar e ver? Porque ouvimos a voz de Deus e cremos no seu amor, seguimos seu caminho. Deus nos ensina que todos somos iguais e devemos amar como Ele nos amou, mas temos esse machucado que precisa de cura e Deus é o único que nos dá esse remédio.
Pastor Marcus esta palavra é maravilhosa. Podemos encontar, dentro de nós, os nossos machucados e buscar a cura.
Vânia Soares

Marcus Vinicius disse...

Realmente esta é uma ferida aberta no meio cristão: a rejeição dos diferentes, dos menos valiosos, dos pobres, dos necessitados, dos diferentes.
A recusa em aplacar a dor daquele que não terá nada para me oferecer em troca é hipocrisia religiosa.

Um abraço.

Anônimo disse...

É verdade Pastor, estou contigo nesse aspecto, o AMOR esta começando a esfriar e as pessoas estão preocupadas com os seus problemas e com a sua imagem, esquecendo do próximo e do maior dos mandamentos que é amar ao próximo como a nós mesmos!!!Deus o abençoe!!!Abraços!!!!

Ana Gerpi

Lidia Almeida disse...

... Sejamos curadores, não meros curativos. Linda mensagem!
Vou contigo! (rsss)

Origem dos meus visitantes

Visitantes por países

free counters

FeedBurner FeedCount

LIVROS MARAVILHOSOS (meus preferidos)

  • A Maldição do Cristo Genérico - E. Peterson
  • A Serpente do Paraíso - Lutzer
  • Alma Sobrevivente - P. Yancey
  • Anseio Furioso de Deus - Brennan Manning
  • Chega de Regras - L. Crabb
  • Confiança Cega - B. Manning
  • Evangelho Maltrapilho - B. Maning
  • Igreja Orgânica - N. Cole
  • Maravilhosa Graça - P. Yancey
  • O Anseio Furioso de Deus - B. Manning
  • O Caçador de Pipas
  • O Impostor que Habita em mim - B. Maning
  • Reformissão - M. Driscoll
  • Reimaginando a Igreja - F. Viola
  • Sonhos Despedaçados - L. Crabb
  • Ânimo (Corra com os cavalos) - Eugene Peterson